Sou ES

Clique Aqui

Posts Tagged ‘YouTube’

[PES-56] Simon’s Cat

segunda-feira, julho 4th, 2011

Em plena segunda-feira a semana já começa tumultuada com zilhões de coisas para fazer. Vocês provavelmente já estão cansados do meu mimimi com TCC aqui, mas juro que semana que vem jogo uma pá de cal em cima dele, nem que essa pá de cal seja um 7 dado por camaradagem pela banca, só para eu não ser obrigado a reescrever o TCC inteiro.

Enquanto eu estou sem tempo, quero apresentar a vocês alguns vídeos do Simon’s Cat. Na era do YouTube, ele mandou um beijo para o Garfield e quer se consagrar como o gato do pedaço.

Imagem de Amostra do You Tube Imagem de Amostra do You Tube Imagem de Amostra do You Tube Imagem de Amostra do You Tube

 

Assista mais vídeos no site oficial.

 

Postado por André e indicado por @ggandine

Conheça as primeiras frases enviadas por Twitter, e-mail e torpedo

terça-feira, março 22nd, 2011

O Twitter foi lançado há cinco anos, completados nesta segunda-feira (21), com a mensagem ‘just setting up my twitter’ (algo como ‘estou configurando meu twitter’).

Da mesma forma, muitos avanços tecnológicos que ajudaram a moldar o mundo foram iniciados não de forma solene, mas com palavras simples.

“Tudo bem, estamos em frente aos elefantes.”

Essas foram as primeiras palavras transmitidas pelo YouTube por Jawed Karim, cofundador do site em seu vídeo inaugural de 2005.

Seis anos e bilhões de páginas visitadas depois, o YouTube se tornou parte da paisagem midiática, usado tanto por líderes globais como por donos de animais que fazem coisas divertidas.

Se Karim soubesse o tamanho que seu negócio assumiria, talvez tivesse dado a seu vídeo um senso de ocasião melhor. Talvez não. Afinal de contas, todo fenômeno novo tem que começar de alguma forma.

E agora, para marcar os cinco anos do Twitter, as primeiras palavras de Jack Dorsey, enviadas em 21 de março de 2006, estão sendo relembradas.

Considerando que esse primeiro post levou a bilhões de outros, foi um começo bastante humilde.

Celular

Tecnologias mais velhas começaram de forma parecida. Martin Cooper recebeu o crédito de ter feito a primeira ligação de um telefone celular, de uma calçada de Nova York em 3 de abril 1973.

Falando dos EUA, Cooper atualmente com 82 anos de idade, lembra como fez a chamada histórica usando um protótipo Dyna-Tac, aos então 45 anos, o chefe de uma equipe da Motorola.

- Chamei Joel Engel, meu rival na AT&T, à época a maior companhia do mundo. Nós éramos uma pequena empresa em Chicago. Eles nos consideravam uma pulga em um elefante. Eu disse “Joel, aqui é o Marty. Estou ligando de um telefone celular, um verdadeiro e portátil celular”. Houve silêncio do outro lado da linha. Suspeito que ele estava rangendo os dentes.

Cooper, atual presidente da empresa ArrayComm, disse que a conversa foi curta. Teria ele pensado muito no que dizer?

- Foi espontâneo. Falava com um repórter, tentando pensar em algo inteligente para dizer quando tive a conversa. A questão na época não era criar uma revolução, como acabou acontecendo, mas sim competir com a AT&T.

Ele diz que, acima de tudo, esperava que a ligação funcionasse. E depois daquela rápida troca de palavras, uma indústria global de telecomunicações floresceu junto com uma vasta gama de tecnologias que ajudam a determinar como vivemos.

Telefone

Uns cem anos antes de Cooper fazer história, Alexander Bell testava sua nova invenção, o telefone, ligando para seu assistente no quarto ao lado.

- Sr. Watson, venha cá. Quero ver o senhor.

Em 1969, Neil Armstrong proferiu algumas das mais famosas e discutidas frases da história quando caminhou pela primeira vez na superfície lunar.

- Esse é um pequeno passo para um homem, mas um grande salto para a humanidade.

O escritor de discursos Max Atkinson diz que essas palavras estabeleceram um padrão, envelhecendo tão bem. Uma das regras de uma grande frase é ela trazer algum contraste, coisa que Armstrong fez brilhantemente.

Atkinson diz que provavelmente a Nasa, agência espacial americana, teve alguma influência no que o primeiro homem na Lua iria dizer. Lançar uma empresa online é diferente e só sabemos se as ideias vão ser bem-sucedidas com o tempo.

Torpedo

O primeiro torpedo para celular foi mandado pelo engenheiro Neil Papworth, então com 22 anos, da empresa Sema, agora Airwide Solutions, em dezembro de 1992 e dizia apenas “Feliz Natal”.

O atual chefe de tecnologia da Airwide, Terry McCabe, diz que a frase foi corriqueira porque muitos testes anteriores haviam falhado.

- Se fosse responsável por reescrever ela atualmente, faria uma paródia da frase Armstrong: “uma mensagem breve para um homem, um salto gigante com para a humanidade”.

Ele diz que hoje 5 bilhões de pessoas podem enviar mensagens de texto, mas na época os telefones não tinham essa capacidade. Os torpedos só se popularizaram quando foi possível mandar mensagens entre operadoras e com o surgimento dos telefones pré-pagos.

McCabe diz que seria um erro pensar tanto em termos históricos e as palavras mundanas que inauguram tecnologias devem ser admiradas por serem justamente tão modestas.

O primeiro e-mail é um bom exemplo. Credita-se o engenheiro informático Ray Tomlinson por tê-lo enviado em 1971 de um computador a outro em Cambridge, Massachusetts, nos Estados Unidos.

- É provável que a primeira mensagem fosse QWERTYUIOP ou algo do gênero.

Paul Armstrong, chefe de mídias sociais da empresa britânica Mindshare, diz que o fato de que frases iniciais de projetos desse tipo sejam despretensiosas mostram o quanto o mundo mudou.

- O mundo hoje muda muito mais rapidamente do que em 1969 e no momento em que essas frases são ditas, não se sabe se elas vão ser um sucesso ou fracasso. Para cada uma que permanece, existem milhares que não atingem sucesso comercial.

Ele explica que os autores não estariam pensando em frases elegantes, mas “muito mais focados em fazer a coisa funcionar. Por isso você não vê frases muito profundas”.

Postado por André e encontrado no Folha Vitória e R7

Crie links para o YouTube a partir de um ponto do vídeo

quarta-feira, fevereiro 23rd, 2011

Por diversas vezes passei pela situação de assistir um vídeo no YouTube e querer tuitar o link para um frame específico. Sempre frustrado por não existir essa opção, minhas tuitadas iam assim: 1’26″ + Link do YouTube.

Eis que o Google observou a necessidade e disponibilizou essa ferramenta tão inteligente e com um mecanismo simples. Vamos a um passo a passo desenvolvido pelo site TechTudo:

Passo 1. A primeira coisa que você deve fazer é assistir o vídeo no YouTube e localizar o ponto de interesse, isto é, o instante no qual o vídeo deverá começar. Como exemplo, vamos supor que este ponto ocorre a partir de 1 minuto e 6 segundos do seguinte vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=5VrP1F0U4gA

Passo 2. Localizado o ponto de partida, agora vá à barra de endereços de seu navegador e acrescente a seguinte extensão “#t=XXmYYs” (sem aspas) no final do link, onde XX é o tempo em minutos e YY é o tempo em segundos. Em nosso exemplo, considerando 1 minuto e 6 segundos, o link ficará da seguinte forma:

http://www.youtube.com/watch?v=5VrP1F0U4gA#t=01m06s

Passo 3. Agora, basta copiar este endereço e enviar a um amigo, ou se você quiser fazer um teste, abri-lo em seu navegador. Perceba que o vídeo será executado a partir do ponto que você determinou, e não do início.

Dica extra: Saiba que este truque também funciona com os links encurtados do YouTube. Não sabe como gerá-los? É simples: Basta clicar no botão Compartilhar, abaixo do vídeo, e marcar a caixa “URL curto”.

Note que, com isso, o endereço exibido ali será encurtado, ficando da seguinte forma, por exemplo: http://youtu.be/5VrP1F0U4gA. Agora, basta acrescentar a extensão #t=XXmYYs ao final da URL.

UPDATE: Com o vídeo em pausa, clique com o botão direito sobre ele e clique em “Copy video URL at current time“. Mais fácil :)

Postado por André e indicado por @brunocavalcanti


Propagandas parodiadas

quinta-feira, fevereiro 10th, 2011

O divertido da propaganda são as paródias da vida real, a transformação de uma situação cotidiana em algo cômico ou com ambiguidades. Geralmente essas situações são escolhidas com muito cuidado para não ofender ninguém, nem passar uma imagem errada do produto e da marca, claro. Um canal no YouTube resolveu parodiar esse tipo de propaganda e acrescentou personagens inusitados que dificilmente  veremos em propagandas.

Imagem de Amostra do You Tube Imagem de Amostra do You Tube Imagem de Amostra do You Tube

Postado por André