Hoje mesmo eu estava me perguntando como estaria a saúde de um dos caras mais brilhantes que já ouvi falar. A carreira de Jobs foi marcada por muitos sucessos que realmente mudaram o comportamento do mundo. E isso não é apenas demagogia minha. É um pouco difícil pensar como as coisas seriam hoje se as empresas de Jobs não tivessem startado suas tecnologias e colocado elas à disposição do mundo.

Diferente do que se espera de uma pessoa que tem a cabeça voltada para a tecnologia, Steve era um excelente orador. Essa sua capacidade de se comunicar foi essencial para a Apple vender tão bem os seus produtos e criar uma mística sobre eles, claro. Mas, Jobs também soube inspirar muita gente em outros momentos que pegou o microfone e foi conversar com o público.

Na semana da minha formatura, tive conhecimento de um discurso que ele fez para uma turma de Stanford em que ele conta um pouco da sua própria história e nos deixa uma lição e um legado maior que a própria Apple.

Imagem de Amostra do You Tube

Pode parecer bobo dizer isso agora, mas Jobs foi um cara que não desistiu do que fazia, mesmo tendo sido expulso da empresa que ele mesmo criou. Isso também não o impediu de voltar à Apple quando ela precisou e, agora, segundo a própria empresa, Jobs deixa o espírito criativo entre as paredes da gigante das tecnologias.

“A Apple perdeu um visionário e um gênio criativo e o mundo perdeu um ser humano fantástico. Aqueles de nós que tiveram sorte o bastante para conhecer e trabalhar com Steve Jobs perderam um amigo querido e um mentor inspirador. Steve Jobs deixa para trás uma companhia que apenas ele poderia ter construído e seu espírito vai ser para sempre um alicerce da Apple”

Postado por André

Written By

André Fantin

Editor do Repertório Criativo, publicitário e escritor por teimosia. Atualmente vive na Irlanda em busca de inspiração.