Essa dica foi enviada pelo E-Books Grátis, que demorou muito tempo para postar, então vou sair na frente. Hahahaha (rasteira).

Acredito que a maioria das pessoas considere clubes de leitura entediantes, silenciosos e geralmente frequentados por pessoas sem o menor sex appeal. Essa definição clássica espanta muitos do mundo da leitura, nos fazendo lembrar proclamações de poesia e jograis. Realmente tudo muito monótono para uma geração que está acostumada com interatividade, respostas rápidas e muito dinamismo.

Mulher pelada lendo no sofá

Fugindo desse assunto batido de geração 2.0 e voltando aos clubes da leitura criados pela turma 1.0, um grupo de garotas de Chicago resolveu inovar um pouco no assunto da forma mais ousada que conseguiram imaginar. Despir suas vergonhas, na maneira literária de se dizer.

Naked Girls Reading, criado por Michelle L’amour e Franky Vivid, artistas de shows burlescos, leva ao público literatura e sensualidade de forma despretensiosa, segundo elas. Discordo no despretensiosa, mas concordo que a combinação é realmente interessante. A ideia começou em Chicago, ganhou os EUA e agora o mundo inteiro. NGR possue agenda internacional e franquias em alguns lugares do mundo.

Duas mulheres nuas seios a mostra

Grupo de mulheres peladas

Mas, se você espera assistir uma sessão de leitura erótica pode ficar decepcionado. As garotas tiram suas roupas para ler também poesia, ficção científica, suspense, terror, romance… tudo muito eclético. E as sessões custam entre 15 e 35 dólares, dependo do grau de intimidade que você terá com as moças.

Os puritanos acham que a ideia toda é um circo de orgia, outros veem sensualidade bem trabalhada, Michelle afirma que não há nada de vulgar em seu show e diz que proporciona uma experiência quase espiritual aos clientes.

Mulher com peito de fora

Postado por André e indicado pelo E-Books Grátis através de Obvious

UPDATE: Assista aos vídeos das garotas


Written By

André Fantin

Editor do Repertório Criativo, publicitário e escritor por teimosia. Atualmente vive na Irlanda em busca de inspiração.